A Embratel está comprometida com a Segurança da Informação dos seus clientes. São diversas ações tecnológicas e processuais para proteger contra ameaças e invasões.
ícone de cadeado

CONFIDENCIALIDADE

Garantia do resguardo das informações e sua proteção contra a revelação não autorizada. Asseguramos, por exemplo, que seu número de telefone não será divulgado sem autorização. Isso vale para quaisquer informações de sua empresa.
ícone de segurança

INTEGRIDADE

Garantia da proteção a exatidão, complexidade da informação e métodos de processamento. Um exemplo desta garantia é que as informações enviadas, via SMS, chegarão sem quaisquer alterações em seu destino.
ícone de um relógio

DISPONIBILIDADE

Garantia de acesso a informações para usuários autorizados sempre que necessário. Uma situação que exemplifica este acesso é a disponibilidade de ligações de atendimento gravadas sempre que solicitado.

Outras ameaças

Ligações falsas
  • Não solicitamos a confirmação de dados em ligações que o cliente não deseja fazer alterações em seu plano.
  • Não entramos em contato para fazer, via telefone, a quitação de débitos em aberto. Nossos atendentes entram em contato apenas para confirmar novas datas de intenção de pagamento.
 
E-mails falsos
  • Não enviamos e-mail sem a autorização do cliente.
  • Não solicitamos por e-mail o número de cartão de crédito, ou documentos e senhas de seguranças.

Diga não à pedofilia na internet

A Claro Brasil com o objetivo de auxiliar na prevenção  e  no combate  aos crimes contra as crianças e adolescentes praticados com o auxílio da internet,  em conjunto com outras empresas de telecomunicações, Órgãos Governamentais e com a  SaferNet,  firmou o Acordo Mútuo de Cooperação contra a Pedofilia, com a finalidade de colaborar para que a internet  se torne um ambiente ético, responsável e seguro para as nossas crianças e adolescentes. Você também pode colaborar! Foi criado um canal para que você possa denunciar sites, blogs, chats, perfis de redes sociais, documentos e outros espaços na Internet que contenham imagens ou conteúdos que representem algum risco a este público. Acesse  o canal da Safernet e faça a sua denúncia: http://www.safernet.org.br/site/denunciar
 
Safernet - O que é
A Safernet Brasil é uma organização não governamental sem fins lucrativos responsável pela Central Nacional de Denúncias de crimes e violações contra os Direitos Humanos na Internet, operada em parceria com a Polícia Federal e o Ministério Público. Além de apoiar as autoridades no combate às violações de direitos humanos na rede, realiza um conjunto de ações de prevenção e educação com pais, educadores, crianças e adolescentes, como também a formação de multiplicadores, através de palestras, oficinas e seminários para promover o uso ético, responsável e seguro das tecnologias (TICs) no Brasil e América Latina. Disponibiliza também um canal online de informação e orientação para crianças, pais e educadores que estejam enfrentando dificuldades e situações de violência no ciberespaço, a exemplo dos casos de Cyberbullying. A Safernet é responsável pela coordenação do Dia Mundial da Internet Segura no Brasil e coopera com as Secretarias de Educação de todo o Brasil para incluir o uso cidadão, ético e seguro na agenda das escolas e nas políticas públicas voltadas à inclusão digital. 
 
A Safernet oferece um canal online para esclarecer dúvidas, ensinar formas seguras de navegação e também orientar crianças e adolescentes e/ou seus próximos, de cibercrimes contra os direitos humanos (assédio a licenciamento sexual de crianças e adolescentes, ciberbullying, exposição de fotos sensuais).
 
Disque 100
Você também pode denunciar discando 100. Disque Direitos Humanos . Este telefone funciona diariamente, 24 horas por dia, inclusive aos sábados, domingos e, feriados. As ligações poderão ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita de qualquer terminal telefônico, fixo ou móvel. As denúncias poderão ser anônimas. Manteremos o sigilo das informações. Denuncie!
 

Marco Civil da internet

É a Lei de número 12.965 que regula o uso da Internet no Brasil, por meio da previsão de princípios, garantias, direitos e deveres para quem usa a rede, bem como da determinação de diretrizes para a atuação do Estado. O texto do projeto trata de temas como neutralidade da rede, privacidade, retenção de dados, entre outros assuntos que regulam e impõem obrigações de responsabilidade civil aos usuários e provedores. Conheça.